Menu 

Este Homem Sofreu dois Acidentes em Simultâneo, INCRÍVEL como Saiu ileso!!

Este homem sofreu dois acidentes em simultâneo, INCRÍVEL como saiu ileso!!

Por vezes andar com uma câmara no carro pode mostrar coisas incríveis e que nos pode acontecer no dia a dia, este condutor deve ter apanhado um susto, daqueles que não dá para esquecer.

Vejam a reação espectacular deste rapaz quando lhe contaram que o seu animal de estimação morreria em breve.

Vejam a reação espetacular deste rapaz quando lhe contaram que o seu animal de estimação morreria em breve.

Quase todas as famílias têm um animal de estimação, e o cão está em primeiro na lista das preferências, e quase sempre é como um membro da família, que consegue ter mais carinho que certos familiares que só aparecem quando necessitam.
Todos ganhamos um carinho pelo nosso cão, mas é as crianças que geralmente eles encontram mais amizade, e são elas quem mais sofre com a perda do cão. É duro e triste e nem todos reagem igual, este miudo de 6 anos, Shane, quando descobriu que o seu fiel amigo Belker, iria morrer em breve, não se comportou como qualquer criança da sua idade. O relato é do veterinário que atendeu a família formada por Ron, sua esposa Lisa e seu pequeno filho Shane de 6 anos. Eles levaram o cachorro da família da raça wolfhound irlandês chamado Belker para ser examinado com a esperança de um milagre. Infelizmente o veterinário descobriu que Belker estava morrendo de cancro. Ron e Lisa, os pais, entenderam que o melhor seria fazer o procedimento de eutanásia em casa e queriam que o pequeno Shane visse tudo para aprender algo com essa experiência. Aquele sentimento de nó na garganta era evidente no rosto de todos, menos de Shane que parecia calmo enquanto acariciava seu cachorro pela última vez. Alguns minutos depois Belker se foi. O pequeno garoto parecia aceitar a partida do seu companheiro sem nenhuma dificuldade. Foi quando o veterinário e os pais de Shane começaram a conversar sobre o fato dos cães viverem menos que os humanos. O pequenito muito calmamente disse: “Eu sei o motivo”.
E continuou: “As pessoas nascem para que aprendam a viver uma boa vida, como amar alguém o tempo inteiro e ser amigo, certo? Bem, os cães já sabem como fazer isso, então eles não têm que ficar tanto tempo como nós”.
Quer uma explicação mais reconfortante do que essa? Grande homem pequenino!
proposito-cachorro

Cheirava-lhe a Queimado. Quando Descobriu o Que Era Ficou Chocado!

Cheirava-lhe a queimado mas longe estava de descobrir o que seria! Quando reparou o cabo do carregador começou a deitar fumo, até que acaba mesmo por derreter. É chocante pois em casa temos uma enorme quantidade de cabos ligados a tomadas e realmente nunca pensamos que também nos possa acontecer.

Como dar comprimidos a um gato

nmn

1.Pegue o gatinho e aninhe-o no seu braço esquerdo como se segurasse um bebê, tendo o comprimido na palma da mão esquerda. Coloque o indicador e o polegar da mão direita nos dois lados da boquinha do bichano e aplique uma suave pressão nas bochechas. Quando o felino abrir a boca, pegue rápido o comprimido da palma da mão esquerda e atire-o lá para dentro. Deixe o gato fechar a boquinha e engolir.

2. Recupere o comprimido do chão e o gato de detrás do sofá. Aninhe o gato novamente no braço esquerdo e repita o processo.

3. Vá ao quarto buscar o gato e jogue fora o comprimido meio desfeito.

4. Retire um novo comprimido da embalagem, aninhe o gato no seu braço, segurando firmemente as patas traseiras com a mão esquerda. Obrigue o gato a abrir a mandíbula e empurre o comprimido com o indicador direito até o fundo da boca. Mantenha a boca do gato fechada e conte até 10.

5. Recolha o comprimido de dentro do aquário e o gato de cima do guarda-roupa. Chame a sua esposa para ajudar.

6. Ajoelhe-se no chão, tendo o gato firmemente preso entre os joelhos. Segure as quatro patas. Ignore os rosnados ameaçadores do gato. Peça à sua esposa que segure firmemente a cabeça do bichinho com uma mão e force a ponta de uma régua para dentro da boca do gato com a outra. Ela deve deixar rolar o comprimindo pela régua e esfregar vigorosamente o pescoço do gato.

7. Desça o gato de cima da cortina e retire outro comprimido da embalagem. Tome nota mental de que precisará adquirir outra régua e mandar consertar as cortinas. Cuidadosamente varra os cacos das estatuetas e dos vasos do meio da sala e guarde-os para colar mais tarde.

8. Enrole o gato numa toalha grande e peça à sua esposa que se deite por cima de forma a que apenas a cabeça do gato apareça por debaixo do sovaco dela. Instale o comprimido na ponta de um canudinho, obrigue o gato a abrir a boca e mantenha-a aberta com um lápis atravessado. Assopre o comprimido do canudinho para dentro da boca do gato.

9. Consulte a bula para verificar se comprimido de gato faz mal a ser humano. Tome uma cerveja para lavar o gosto da boca. Faça um curativo no antebraço da sua esposa e remova as manchas de sangue do carpete com água fria e sabão.

10. Retire o gato do galpão do vizinho. Pegue outro comprimido. Abra outra cerveja. Coloque o gato dentro do armário e feche a porta até o pescoço de forma que apenas a cabeça fique de fora. Force a abertura da boca do gato com uma colher de sobremesa. Jeitosamente, utilize um elástico como atiradeira para lançar o comprimido pela garganta do gato.

11. Procure uma chave de fenda e ponha a porta do armário novamente no lugar. Tome a cerveja. Procure uma garrafa de cachaça. Tome um traguinho. Aplique uma compressa fria na bochecha e verifique a data da sua mais recente vacina contra tétano. Aplique uma compressa de cachaça na bochecha para desinfetar. Tome mais um traguinho. Jogue a camiseta no lixo e procure outra no quarto.

12. Ligue para os bombeiros, pedindo que venham retirar o desgraçado do gato lá de cima da árvore do outro lado da rua. Peça desculpas ao vizinho que se machucou ao tentar desviar-se do gato em fuga. Retire o último comprimido da embalagem.

13. Amarre as patas da frente às patas de trás desse danado e prenda-o firmemente à perna da mesa de jantar. Nas mãos, ponha luvas de couro. Do quintal, puxe a mangueira. Empurre o comprimido para dentro da boca da besta, seguido de um pedaço de carne. Segurando firmemente a cabeça desse terror felino, mande-lhe meio litro de água goela abaixo, para que o comprimido desça.

14. Tome o que sobrou da cachaça. Peça à esposa que o leve ao pronto-socorro mais próximo. Aguente firme enquanto o médico lhe costura os dedos e o antebraço e retira os restos do comprimido de dentro do olho direito. Lembre-se: “homem não chora”. A caminho de casa, use o celular para falar com as casas de móveis para se informar sobre o preço de uma nova mesa de jantar.

15. Peça à Liga de Proteção aos Animais que mandem um funcionário com urgência para recolher o raio desse bicho mutante. Ligue para a loja dos animais e pergunte se eles têm tartaruguinhas para vender.

Anedota: O Congresso de Medicina

Num congresso internacional de medicina o médico judeu afirma: -A medicina em Israel é tão avançada que conseguimos fazer um transplante de cérebro, e em 6 semanas o paciente está pronto para procurar emprego.

O médico alemão diz:
-Na Alemanha conseguimos fazer um transplante dum coração, e em 4 semanas o paciente está pronto para procurar emprego.

O russo diz:
-E nós fazemos um transplante de rins, e em 1 semana o paciente está pronto para procurar emprego.

O médico português diz orgulhoso:
-Isso não é nada!!!. Em Portugal nós pegamos um gajo sem cérebro, colocamos como primeiro-ministro e pouco tempo depois o país inteiro está à procura de emprego.

Anedota:Dois euros!

Um sujeito entra num bar e diz ao barman:

– Dê-me 20 shots, depressa!

O barman serve-lhe os vinte shots e observa enquanto o homem os bebe rapidamente, um atrás do outro.

Diz o barman:

– Nunca vi ninguém beber shots tão depressa…

– Se você tivesse o que eu tenho também os bebia assim depressa!

– Ai sim? Então e o que é que você tem?

– Dois euros!